Articulação perde eleições para a APCEF do Piauí!

A chapa Resgate, composta por bancários independentes, filiados ao PSTU e esquerda petista, venceu as eleições para a direção da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Apcef) no Piauí, no último dia 26 de novembro.

O resultado representou uma grande derrota para a Articulação Sindical, corrente que dirigiu a entidade por mais de 10 anos. Foi também uma derrota considerável para o atual governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que se projetou politicamente após dirigir pessoalmente a entidade. Dias foi responsável pela indicação do seus sucessores, durante os últimos anos e a Caixa sempre foi historicamente a base eleitoral de Wellington Dias e de vários ex-sindicalistas que hoje compõem o governo estadual.

A campanha da Articulação, apesar de ter sido a mais rica – contando até mesmo com cartinha personalizada do atual diretor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e ex-presidente da APCEF, Assis Carvalho, aos bancários da Caixa – não foi forte suficiente para neutralizar o desgaste político das últimas gestões da entidade.

A oposição, por outro lado, conseguiu ganhar a confiança da categoria graças à caracterização contrária às políticas dos governos federal e estadual, que já vinha sendo claramente demonstrada desde a última campanha salarial.

VITÓRIA ESMAGADORA – Dos 559 votantes, a chapa 2 – Resgate, recebeu 348 votos. Foram 140 votos a mais que a chapa 1 da Articulação e situacionista “APCEF pra você”.
Dos 23 pontos de votação, 15 foram vencidas pela oposição.