Argentina: Camarada Marga, presente hoje e sempre

72

Neste dia 11 de setembro faleceu na Argentina a camarada Marga. Sua longa trajetória de militância remonta ao período da ditadura naquele país, quando militava clandestinamente no PST. Com a reabertura, foi uma das fundadoras do MAS, que chegou a ser um dos maiores partidos trotsquistas do mundo.

Mais recentemente, prestou apoio incondicional às campanhas contra a perseguição da Justiça argentina a Sebastián Romero e pela libertação do camarada Daniel Ruiz.

Deixou-nos uma das firmes, da velha guarda, que até as últimas visitas nos reafirmava que o partido havia sido a melhor coisa que aconteceu em sua vida e nos convenceu de que mesmo nas circunstâncias mais adversas devemos continuar lutando para construir a festa, porque é a única salvação para a humanidade“, diz a nota do PSTU-Argentina.

Leia nota do PSTU-Brasil em homenagem à camarada, ao seu filho, Pablo, à família, amigos e a toda militância do PSTU-Argentina

Por ocasião sua partida

Há dias que a vida nos dá solavancos/
Arranca-nos parte/
Há partes, que nos somam tanto/
Que se esvai em prantos/
Deixa um vacuo que arde/

Na tarde Argentina/
Retina se parte/
Olhando de cima/
Amarga, essa sina../
…na Marga, mulher que parte/

Na parte, de um filho consciente/
Um olhar errante/
No instante ausente/
Dói a alma militante…/

Ao teu instante amargo/
Toma nosso afetivo abraço/
Nosso programa/
E a Marga que amas/
Faz-lhe o sentido, o passo…/

…Traço da vida de luta/
Mãe que abraçou sonho vasto/
De garra robusta/
Se faz Socialista este laço!

Força, camaradas;

Camarada, Marga, Presente!

Comitê Central do PSTU-B, 11 de setembro de 2022