Abaixo a homofobia

Em 8 de agosto, a sede do Centro Acadêmico dos Estudantes de Engenharia da USP-São Carlos (CAASO) foi palco de um lamentável show de homofobia.

Acontecia a festa “Transnel”, que tradicionalmente faz parte da programação do ENEL (Encontro Nacional de Estudantes de Letras). No início do evento, quando começava um concurso de drags, a diretoria do CAASO, ao perceber que se tratava de uma festa com temática gay, subiu ao palco e ordenou que a banda começasse a tocar.

Membros da organização do ENEL subiram ao palco protestar, mas foram retirados à força pelos seguranças. A diretoria do CAASO e alguns estudantes da USP também agrediram física e moralmente os homossexuais.

Enfim, o que era para ser um evento contra a homofobia e pela livre expressão sexual e artística acabou se transformando num episódio vergonhoso para todo o movimento estudantil. Acreditamos que todos que lutam por uma sociedade justa, igualitária e livre têm a tarefa de denunciar este lamentável incidente.

Moções de repúdio podem ser enviadas pelo fax (16) 271-9699.

Post author Fabiana Borges, da Sec. Nacional GLBT do PSTU e
José Erinaldo Júnior, da Executiva da UNE
Publication Date