BA: Encontro estadual do PSTU indica a pré-candidatura de Renata Mallet e Carlos Nascimento ao governo

30

Aconteceu no último sábado, 14, um encontro estadual do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) que aprovou a indicação da bancária Renata Mallet como pré-candidata a governadora da Bahia e do professor Carlos Nascimento como pré-candidato a vice-governador.

O encontro debateu a conjuntura nacional e estadual e o papel do PSTU nas próximas eleições. As mobilizações de junho, que abriram uma nova situação política no Brasil, marcaram os debates. A alteração da correlação de forças, a partir da retomada da ofensiva das massas, recoloca para o partido uma série de desafios e oportunidades para a estratégia revolucionária.

Os governos não atenderam às reivindicações nem conseguiram, através da repressão policial, retomar o controle das ruas. Assim, as lutas, as greves e as mobilizações continuam com grande apoio popular. A Bahia também vive uma nova conjuntura política e importantes setores dos trabalhadores. Após rejeitarem o carlismo nas eleições de 2006, vivenciaram os oito anos do governo do PT que, infelizmente, também não conseguiu atender os anseios do povo baiano. O PT escolheu governar para os ricos e atacar os trabalhadores, principalmente os servidores públicos. Por isso, é tarefa do partido apresentar uma alternativa tanto à velha direita, que tenta voltar, quanto ao PT, que traiu os sonhos dos trabalhadores.

Alternativa de luta
Renata Mallet, presidente municipal do PSTU Salvador, é bancária e uma importante lutadora da categoria. Fonoaudióloga com mestrado em Saúde Coletiva, já foi professora substituta da Universidade Federal da Bahia. Começou sua trajetória política no Diretório Acadêmico de Fonoaudiologia da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Em 2008 ingressou no PSTU e passou a militar no movimento sindical, participando da Coordenação Nacional de Lutas, a Conlutas. Renata Mallet foi candidata a vereadora pelo PSTU Salvador no ano de 2012.

Já Carlos Nascimento é professor da rede municipal de Camaçari. Nascido e criado no subúrbio de Salvador, é graduado em pedagogia pela UNEB. Tem reconhecida trajetória na luta em defesa da educação pública gratuita e de qualidade, tanto como educador quanto em sua época de estudante. Fez parte do Diretório Acadêmico de Pedagogia da UNEB, onde participou de inúmeras lutas e greves sempre ao lado dos professores e funcionários. É ativista do movimento negro, faz parte da Secretaria Estadual de Negras e Negros do PSTU e esteve envolvido nos últimos anos na denúncia da política de extermínio da população negra na periferia de Salvador. Ingressou no PSTU em 2008 e foi candidato ao governo do Estado em 2010 e a vereador de Camaçari em 2012.

O encontro estadual do PSTU ainda indicou a pré-candidatura a Deputado Estadual de José Roberto da Silva, professor de História da rede estadual de ensino e, como pré-candidata a Deputada Federal, Gabriela Mota, estudante de Ciências Sociais da UFBA. A posição indicada no encontro será apresentada na convenção estadual eleitoral do PSTU no próximo dia 27 de junho às 19 horas no auditório do Sindicato dos Bancários da Bahia.

ACESSE o blog do PSTU Bahia