Unificar a luta dos bancários, petroleiros e metalúrgicos

Bancários, petroleiros e os metalúrgicos (que também estão em campanha e realizando paralisações) estão enfrentando os mesmos adversários: o governo, o FMI, os empresários e direções de empresas.

A política econômica do governo é de arrocho salarial e retirada de direitos para os trabalhadores e pagamento de juros astronômicos para os banqueiros e lucro nas alturas para os empresários.

Só a média anual de lucro dos bancos subiu, em dez anos, de R$ 200 milhões para R$ 1,5 bilhão.

A unificação das campanhas salariais e da luta dessas categorias é decisiva para derrotar essa política econômica.

E só uma nota assinada pelos dirigentes da FUP, CNB e o presidente da CUT, feita para inglês ver, não basta! É preciso plenárias unificadas que organizem atos, passeatas e construam a greve unificada de todas as categorias. BB e CEF deram a partida. Os demais devem entrar já nessa briga!
Chega de arrocho.

Que Lula rompa com a ALCA o FMI e pare de pagar a dívida externa

Sem romper com a Alca, o FMI e parar de pagar a dívida externa, o governo Lula só oferecerá arrocho, desemprego e retirada de direitos para os trabalhadores. Essa política só beneficia os capitalistas.

Prova disso, é que no orçamento do governo a prioridade é o pagamento da dívida externa, assim como a prioridade das estatais é garantir dinheiro para o superávit primário.

Já na “reforma” tributária, o governo cobra ainda mais impostos dos pobres e dos trabalhadores, também para pagar a dívida. Vide o escândalo do congelamento da alíquota do imposto de renda, que vai comer os pífios reajustes de salário.
Por isso, os trabalhadores devem votar nas suas assembléias e incluir, nas suas reivindicações, a exigência de que o governo rompa com a Alca, o FMI e pare de pagar a dívida externa.

______________________

  • VACAS GORDAS

    Lucro somado de BB, Bradesco, Itaú, Unibanco, Safra e Nossa Caixa nos primeiros seis meses deste ano foram de R$ 4,6 bilhões.

    Lucro da Petrobrás R$ 9,372 bilhões (acumulado até julho)

    As montadoras tiveram um aumento da produção de 22,5% superior ao mês de agosto. E as vendas aumentaram 24% em relação ao mês passado

  • VACAS MAGRAS

    Desemprego recorde de 13% da população economicamente ativa (IBGE)

    Queda de 13% da renda em 12 meses

    Perda salarial dos bancários: 21,58%

    Perda salarial dos petroleiros: 23,35%

    Post author André Valuche,
    da redação
    Publication Date