SP: polícia reprime manifestação contra aumento da tarifa

Repressão e violência policial marcaram o ato contra o aumento da passagem em São Paulo. O protesto aconteceu nesta quinta-feira, dia 13, nas proximidades da Praça da Republica.

Cerca de 700 manifestantes faziam passeata pelo centro da cidade quando foram atacados com balas de borracha e bombas de efeito moral. Duas pessoas ficaram feridas e cerca de 30 foram detidas (veja o vídeo da repressão abaixo)

Foi o terceiro ato programado pelo Movimento Passe Livre (MPL) contra o reajuste das passagens de ônibus em São Paulo, que desde o dia 5 passou de R$2,70 para R$3. Um novo protesto está marcado para o dia 20, na avenida Paulista.

Veja a repressão no vídeo realizado pelo cartunista Latuff