Solidariedade aos operários do Cazaquistão

Os operários da fábrica de cobre Irtyshkiy (IMZ), no Cazaquistão Oriental, próximo à fronteira com a Sibéria, no povoado de Glubokoe, travam uma dura batalha contra a Kazakhmys, filial da Samsung, que planeja fechar a fábrica. Neste momento a fábrica está ocupada pelos operários em greve.

O governo local e o regime ditatorial de Nazarbaev iniciaram a repressão: agentes dos serviços secretos tentaram prender a dirigente da juventude operária Marina Saguitova e Ivan Bulgakov, do Comitê de Greve, recebe ameaças diariamente.

O povoado Glubokoe formou-se a partir da fábrica IMZ. Os moradores exigem a nacionalização da empresa: “A fábrica é nossa vida e não deixaremos que a roubem de nós!“. Organizaram brigadas de autodefesa e todos os dias realizam assembléias nos bairros. A cidade está sitiada.

O conflito e o destino desta empresa e dos milhares de operários que dela dependem serão definidos nos próximos dias.

Mande mensagens para:

[email protected]
Com cópia para:
[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]
Post author
Publication Date