Sindicatos preparam grande ato contra demissões, dia 24, em São José dos Campos

Entidades sindicais, partidos e movimentos sociais definiram na noite desta quarta-feira, dia 14, ações unificadas para combater as demissões no Vale do Paraíba e reverter os cortes anunciados esta semana pela General Motors. Um grande ato já está marcado para o dia 24, sábado, às 10h, na Praça Afonso Pena, em São José dos Campos.

Na próxima semana, serão intensificadas as mobilizações em empresas de diferentes segmentos. As ações terão como bandeiras a readmissão dos 802 trabalhadores da GM, estabilidade no emprego para todos os trabalhadores, não à flexibilização ou redução de direitos e repúdio à Fiesp, que defende redução salarial como forma de combate à crise.

Participaram da reunião, realizada na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, representantes da entidade e também do Sindicato dos Químicos, Petroleiros, Correios, Condutores e Alimentação, Admap (Associação Democrática dos Metalúrgicos Aposentados), CMP (Central de Movimentos Populares), Conlutas, Intersindical, PSTU, PSOL.

“A luta tem de ser de todos os trabalhadores. Vamos chamar todas as categorias para participar das mobilizações e lutar contra a vergonhosa tentativa dos empresários em retirar nossos direitos e empregos. Não aceitamos pagar pela crise criada pelos patrões ou discutir qualquer possibilidade de flexibilização”, afirma o coordenador regional da CONLUTAS, José Donizete de Almeida.