Servidores fazem protesto na visita de Lula ao Corcovado, no Rio de Janeiro

Ato unifica categorias em luta no RioEm resposta aos ataques do governo Lula ao funcionalismo público, servidores das Universidades Federais, Ibama, Arquivo Nacional, Incra e Fundação Nacional de Saúde aproveitaram a visita do presidente ao Corcovado para realizar um ato unificado. A atividade foi marcada pelas bandeiras específicas das categorias e pela luta geral contra o PL 07/01 do PAC – que congela, até 2016, os salários de todo o funcionalismo.

Apesar do cordão de isolamento da Polícia Militar, Força Nacional de Segurança e Abin e das dificuldades de transporte e organização em razão da topografia local, o ato foi uma vitória marcante para todas as categorias presentes. Barrados pelos manifestantes, Gilberto Gil e Benedita da Silva foram obrigados a ouvir as reivindicações e o descontentamento dos trabalhadores. Do alto do Corcovado, Lula não pode deixar de ver, circulando o Cristo Redentor, o monomotor com a faixa que dizia “Lula, cumpra os acordos com os servidores”.

Iniciativa da Conlutas-RJ junto às categorias em luta, o ato unificado no Rio de Janeiro ocorreu na semana da Jornada de Lutas da CNESF (Coordenação Nacional das Entidades dos Servidores Federais) que, na quinta-feira, 14 de junho, incorporou-se ao ato do MST, com cerca de 18 mil trabalhadores nas ruas de Brasília.