Reunião aponta Frente Classista em Santa Catarina

No dia 24 de abril, reuniu-se em Florianópolis (SC) representantes e membros da direção do PSTU e P-SOL para discutir a realização em âmbito nacional e estadual de uma Frente Classista e Socialista para as eleições de outubro. Estavam presentes Joaninha Oliveira (representando o PSTU), Raul Fitipaldi (Fundador do P-SOL no estado) e Cae Martins (executiva estadual do P-SOL).

Houve um acordo em fazer em Santa Catarina uma Frente Classista nas eleições, que apresente um programa anticapitalista e antiimperialista. Discutiu-se ainda a importância da manutenção da independência de classe da frente de esquerda. Nesse sentido, os participantes da reunião rechaçaram qualquer aliança com partidos burgueses, como PDT. Outro combate importante que a Frente deve travar é a campanha para impulsionar a ruptura se sindicatos e entidades estudantis com as governistas CUT e a UNE.

Por fim, foi discutido na reunião a possibilidade de chamar as demais organizações independentes dos movimentos sociais e populares e a Conlutas (Coordenação nacional de Lutas) para a realização de um ato classista no 1° de maio.