PSTU tem presença marcante no Grito dos Excluídos

Na semana do Grito dos Excluídos, a agenda dos candidatos da Frente de Esquerda em todo o país esteve associada à luta por uma real independência. Os candidatos estiveram nos atos e defenderam o não pagamento da dívida e a anulação das privatizações

Heloísa recebe apoio da população em Boa Vista
Na chegada de Heloísa Helena à capital de Roraima, na madrugada do dia 10 para o dia 11, cerca de 50 pessoas a aguardavam no aeroporto. Os presentes a saudaram cantando “Trabalho, saúde e educação. Heloísa Helena presidente da nação”. Às 8h, houve uma carreata até a Universidade Estadual de Roraima, onde a candidata foi recebida com entusiasmo pela comunidade acadêmica. A grande maioria demonstrou total apoio a esta frente contra a política neoliberal de Lula e Alckmin. Heloísa também esteve na principal avenida comercial de Boa Vista, e no maior bairro popular da cidade, Pintolândia, onde ficou claro o grande apoio da população à frente. (Fernando Damasceno, de Boa Vista)

Vanessa Portugal participa do Grito em Minas
Neste 7 de Setembro, Vanessa Portugal, candidata ao governo de Minas Gerais, participou da manifestação do Grito dos Excluídos junto com a candidata ao Senado, Maria da Consolação, o candidato a deputado estadual Giba e demais candidatos da Frente no estado.Segundo Vanessa, “o Brasil, ao contrário do que dizem os ricos que sempre governaram, continua dependente do imperialismo, dos organismos internacionais e das multinacionais. Só seremos realmente independentes quando rompermos com esta dominação e construirmos um governo verdadeiramente dos trabalhadores, com aqueles que ousaram não se vender ao poder econômico e à corrupção”.Este ano, um dos temas centrais do grito foi a luta pela anulação da privatização da Vale do Rio Doce. Vanessa foi a única candidata ao governo a participar da manifestação, que reuniu cerca de mil pessoas. Hermano Melo, de Belo Horizonte)

Vera Guasso critica Lula no 7 de setembro gaúcho
Na capital gaúcha, o Grito dos Excluídos reuniu cerca de 600 pessoas. Participaram os candidatos do PSTU a deputado, Julio Flores e Davi Dietrich, e Vera Guasso, também do PSTU, candidata ao Senado, representando a Frente de Esquerda. A caminhada foi do centro até o Parque Farroupilha. Infelizmente, repetiu-se um sério erro dos organizadores: tentar impedir que os partidos participem de forma orgânica da marcha, com suas bandeiras. Para Vera Guasso, faltou também uma definição a respeito do rumo que o Brasil deve seguir. “Infelizmente, o ato não criticou o governo Lula, se restringindo às bandeiras críticas ao governo do estado e ao modelo econômico. É preciso dizer que quem aplica esse modelo é Lula e apontar saídas”, disse. (Luciana Cândido, de Porto Alegre)

Candidatos marcam presença no ato do pará
O Grito dos Excluídos em Belém teve grande destaque na imprensa local e contou com a presença da Conlutas e da Conlute. Os candidatos do PSTU e da frente, como Atenágoras Lopes, candidato ao governo do estado, estiveram no ato. No ato, Atenágoras afirmou que “para investir em saúde, educação, reforma agrária e emprego neste país, é preciso parar de pagar a dívida pública, é preciso romper com o imperialismo”. Os estudantes da Conlute organizaram uma encenação sobre a dívida externa que foi muito aplaudida pelos participantes do ato.

Frente se destaca no ato do Piauí
No Piauí, o dia foi marcado pela polarização entre os ativistas da Conlutas e os cutistas, que fizeram uma coluna gritando refrões a favor do governo. A Conlutas, com cerca de 150 pessoas, criticou o governo e o imperialismo e se destacou no protesto. Dentre os participantes estavam os candidatos da Frente de Esquerda, Edna Nascimento (governadora-PSOL) e Geraldo Carvalho (senador-PSTU). Eles utilizaram um dos carros de som para falar contra o pagamento das dívidas interna e externa.
(Sinésio Soares, de Teresina)

Candidatos participam dos atos em São Paulo
Os candidatos da Frente de Esquerda de São Paulo também participaram do Grito dos Excluídos. Luiz Carlos Prates, o Mancha, candidato ao Senado do PSTU pela Frente de Esquerda, participou do ato em Aparecida do Norte, com milhares de pessoas. Já o candidato a governador, Plínio de Arruda Sampaio, e o candidato a deputado federal Dirceu Travesso estiveram no ato da capital paulista, no Museu do Ipiranga, que reuniu 10 mil pessoas, segundo os organizadores. Toninho Ferreira, candidato a deputado estadual do PSTU, participou do ato em São José dos Campos. (do blog www.pstusp.org.br)

Heloísa faz caminhada no Rio
No dia 7, Heloísa Helena fez campanha no Rio de Janeiro, com outros candidatos da frente. A primeira atividade foi um mini-comício no Aterro do Flamengo, por volta das 10h. Em discurso, Heloísa afirmou que “o 7 de Setembro é dia de luta pela independência que o Brasil ainda não conquistou, porque o país semeia a dor da pobreza e do desemprego entre seus filhos”. Depois ocorreu a principal atividade, uma caminhada pela praia de Copacabana com 300 pessoas. O PSTU teve participação destacada, em uma animada coluna, com bandeiras e um balão com a propaganda de Cyro Garcia, candidato a deputado federal.
Post author
Publication Date