PSTU lança candidaturas municipais no ABC paulista

No final de junho o PSTU lançou seus candidatos às prefeituras das seis cidades do ABC paulista. Além disso, lançou 38 candidatos a vereador. Conheça os candidatos`Edgar
Edgar Fernandes, Ivanci dos Santos, Diego Martins, Eliana Ferreira e Marcos Leal (Alemão)

  • Santo André
    EDGAR FERNADES,
    professor da rede estadual e vice-presidente da Apeoesp (sindicato dos professores)

    “A maior cidade do ABC, há duas gestões dirigida pelo PT, foi sacudida pelo escândalo de corrupção e assassinato do prefeito Celso Daniel. Os fatos mostram que não existe diferença entre as prefeituras do PT e os demais partidos. Desvio de verba e corrupção fazem parte do sistema capitalista, e o PT, ao governar com a burguesia, torna sua administração igual a de qualquer partido burguês”.

  • Diadema
    IVANCI DOS SANTOS, professor da rede estadual e diretor da Apeoesp

    “Nas eleições veremos novamente as promessas repetidas há 22 anos. Nossa vida não mudou e os problemas continuam os mesmos: falta moradia, hospital e escola. Vamos denunciar o jogo de cartas marcadas que são as eleições burguesas. Minha candidatura estará a serviço da mobilização e da luta dos trabalhadores da região”.

  • Rio Grande da Serra
    ANTONIO ÂNGELO, metalúrgico

    “Nossa região é considerada a mais rica do país, no entanto, só um punhado de ricos e privilegiados desfruta da riqueza. Crianças morrem de fome da mesma forma que nas regiões mais miseráveis do Brasil”.

  • Mauá
    DIEGO MARTINS, metalúrgico desempregado

    “Com a nossa candidatura, queremos construir o partido. Isso já ficou demonstrado com o ingresso de um grupo de 20 companheiros no PSTU. Todos trabalhadores e moradores dos bairros pobres da cidade”.

  • São Caetano do Sul
    MARCOS LEAL, ALEMÃO ex-metalúrgico

    “Vamos desmascarar toda propaganda que afirma que São Caetano é uma cidade ‘modelo’ para o país. Aqui enfrentamos os problemas de qualquer outra cidade da região, como a falta de emprego, moradia”.

  • São Bernardo do Campo
    ELIANA FERREIRA, advogada

    São Bernardo do Campo, berço do sindicalismo no início da década de 80, terá a advogada dos servidores públicos e do Movimento dos Sem-Teto, Eliana Ferreira, como candidata à prefeita. Veja abaixo trechos de uma entrevista concedida por Eliana ao Opinião.

    Como você está vendo as eleições este ano?

    As eleições deste ano acontecem sobre uma profunda decepção dos trabalhadores com o governo Lula e com o PT. Ele prometeu gerar 10 milhões de empregos e o que estamos vendo é o aumento dos desempregados. São Bernardo é uma das cidades que mais sofrem com o desemprego do país e os trabalhadores da cidade já começam a perceber que o principal responsável é a manutenção da política econômica de fome e arrocho imposta pelo governo.

    Prova disso é que os metalúrgicos já mostraram a sua indignação vaiando Lula, quando esse visitou a fábrica Daimler Chysler (antiga Mercedes Benz). A decepção com o PT também aumentou com o anúncio da coligação feita por Vicentinho, candidato à prefeitura pelo PT, com os partidos da direita, como o PMDB de Quércia. Vamos denunciar a atual administração de William Dib, do PSB, que nesses anos esteve sempre ao lado dos ricos da cidade. Nem o PT nem o PSB são alternativas para os trabalhadores. Por isso, queremos construir uma nova alternativa de esquerda na região em oposição a atual prefeitura e ao governo Lula.

    Qual é o objetivo da sua candidatura?

    Nenhuma promessa de geração de empregos, construção de casas populares ou melhoria dos serviços públicos pode ser realizada sem uma verdadeira ruptura com o Fundo Monetário Internacional.

    Portanto, nossa candidatura será porta-voz da defesa das lutas e reivindicações dos trabalhadores e dos movimentos populares, como o Movimento dos Sem-Teto.

    Post author
    Publication Date