Pelo Mundo

Filipinas

Tropas deixam o Iraque

Após o seqüestro do caminhoneiro filipino pela guerrilha iraquiana, a presidente das Filipinas, Gloria Arroyo, decidiu retirar as tropas de seu país do Iraque. Apesar da pressão dos EUA, na sexta-feira, 16, já estavam de saída 10 militares filipinos e o comandante-geral da tropa. Aproximadamente 50 soldados faziam parte da coalizão e cerca de 4 mil filipinos trabalham atualmente no país a serviço da ocupação. O porta-voz da Casa Branca, Scott McLellan, disse que as Filipinas estão “dando um sinal errado aos terroristas”. Na verdade, o “sinal errado” está sentindo o presidente Bush, que a cada dia vê se aproximar o fantasma do Vietnã.

Colômbia

Dia mundial contra a Coca-Cola

Desde o segundo Fórum Social Mundial, em 2002, o dia 22 de julho tornou-se o dia internacional de luta contra a Coca-Cola. Essa data foi escolhida em homenagem a dois sindicalistas mortos na Colômbia. Somente neste ano já foram assassinados 29 sindicalistas na Colômbia, onde o governo de Alvaro Uribe está determinado a exterminar o movimento sindical combativo.

Peru

Movimentos querem a saída de Toledo

A mobilização no dia 14 de julho no Peru conseguiu unificar todos os setores populares descontentes com o governo. A Central Geral dos Trabalhadores Peruana (CGTP) informou que, ao final da marcha, cerca de 10 mil pessoas se reuniram na principal praça de Lima, capital do Peru, para exigir que o governo mude sua política econômica. No interior, a mobilização foi mais forte, com participação de 70% da população. Pressionado pelos 90% de reprovação do governo, o presidente da CGTP afirmou que a próxima marcha levantará o “Fora Toledo”.

Post author Yuri Fujita
Publication Date