Palestinos irão participar dos atos do 30 de março

Data é especial para o povo palestino, que recorda massacre de 1976O Comitê de Solidariedade à Luta do Povo Palestino – RJ marcará presença nos protestos do Dia Nacional de Luta, nesta segunda, 30 de março. O comitê irá participar da passeata no Centro do Rio, convocada pelas centrais sindicais e os movimentos sociais.

A participação do comitê tem uma razão a mais. O dia 30 de março é uma data especial para os palestinos. É o Dia da Terra. Neste dia, em 1976, os palestinos entraram em greve nos territórios ocupados pelos sionistas e realizaram manifestações contra o confisco de suas terras pelo Estado sionista.

O exército israelense reprimiu violentamente a manifestação, atingindo de forma indiscriminada homens, mulheres e crianças. Como resultado, seis palestinos foram assassinados e centenas deles ficaram feridos ou foram presos. Desde então, a data passou a ser conhecida como o Dia da Terra e milahres saem às ruas em todo o mundo. Tem como símbolo a oliveira – árvore típica da costa mediterrânea, onde se situa a Palestina ocupada -, reafirmando a resistência e identidade de sua população.

Em 2009, a comunidade palestina e os trabalhadores brasileiros sairão às ruas, contra a crise do capitalismo, a ocupação israelense e o massacre em Gaza. Meses após o fim dos bombardeios em massa, há milhares de moradores que tiveram suas casas destruídas e vivem ao relento. Famílias inteiras e muitas crianças, vivendo em barracas, sob frio e chuva intensos. O dia 30 será um dia para denunciar os crimes de guerra de Israel.

LEIA NO BLOG MOLOTOV

  • ‘1 shot, 2 kills’: Sionistas incitam assassinato de grávidas palestinas