Os cem anos do 8 de Março serão tema de debate no Rio nesta sexta

Evento será promovido pelo PSTU do Rio de JaneiroOs 100 anos do Dia Internacional da Mulher será tema de um debate promovido pelo PSTU do Rio de Janeiro nesta sexta-feira, 7. Cecília Toledo, autora do livro Mulheres: o gênero nos une, a classe nos divide e membro da Liga Internacional dos Trabalhadores – Quarta Internacional (LIT-QI), e Vera Nepomuceno, militante do PSTU-RJ e dirigente do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, vão falar sobre a história do 8 de Março e de sua importância hoje.

O evento acontece na sede do PSTU do Rio, na Rua da Lapa, 180, sobreloja. Durante a atividade, será exibido o curta Acorda Raimundo, Acorda!. O filme conta a história de um casal em que os papéis se invertem. Raimundo, o marido, toma conta da casa e dos filhos, enquanto Marta, a esposa, é um operário que sai para trabalhar e beber com os amigos.

8 de Março
Em 2010, completaram-se 100 anos de comemorações pelo Dia Internacional de Luta das Mulheres. Em 1910, na Dinamarca, na segunda Conferência Internacional das Mulheres Trabalhadoras, a revolucionária Clara Zetkin propôs que as mulheres de todo o mundo se unissem para lutar pelo direito ao voto, rumo ao socialismo. Em 1921, a Conferência das Mulheres Comunistas, da III internacional, determinou o dia 8 de março como Dia Internacional da Mulher.

Existe mais de uma versão para a origem da data. Uma delas é o 8 de março de 1917 (23 de fevereiro pelo calendário russo), em que as mulheres de Petrogrado fizeram uma grande manifestação. Em meio à guerra e à miséria, elas levantaram as bandeiras “Pão para nossos filhos” e “Tragam nossos maridos de volta das trincheiras”. Neste dia estourou a greve das costureiras e tecelãs de Petrogrado e, principalmente, a Revolução de Fevereiro.

As mulheres russas conquistaram mais direitos no início do século XX, do que as mulheres de muitos países capitalistas até a atualidade. Foi conquistado, entre outras coisas, o direito a votar e ser votada para os cargos públicos.

As primeiras medidas para as mulheres foram a abolição das leis que colocavam as mulheres em situação inferior aos homens, e a liberação das mulheres do trabalho doméstico, com criação de creches, lavanderias e restaurantes públicos. Assim elas puderam ter um amplo acesso à educação e ao trabalho.

LEIA TAMBÉM:

  • As origens do Dia Internacional da Mulher
    O surgimento da data está ligado ao movimento socialista e à atuação militante das mulheres