O que ver e ouvir sobre Woodstock

Foi num 15 de agosto há 40 anos, que teve início um dos mais míticos shows da história da música: o Festival de Woodstock. Aliás, o que ocorreu na área rural de Bethel, nos arredores de Nova York, foi muito mais que um show. Foi a celebração de uma época,Logo após o festival, foi lançado o documentário Woodstock: onde tudo começou, dirigido por Michael Wadleigh e editado por Thelma Schoonmaker e pelo então jovem e pouco conhecido Martin Scorsese. O filme foi premiado com o Oscar de melhor documentário, em 1971 (um sintoma que até a geralmente conservadora Academia de Hollywood tinha sido afetada pelos ventos libertários da época). Recentemente, uma nova edição, com cerca de quatro horas, foi lançada em DVD, trazendo muitas cenas cortadas na versão original e duas horas de material inédito de 13 bandas, entre as quais, apresentações de Santana, Sha Na Na, The Grateful Dead e Creedence Clearwater Revival.

  • As músicas do repertório do The Who, ainda podem ser vistas no excelente Tommy, filme dirigido pelo britânico Ken Rusell, com roteiro de Pete Townshend, em 1975, com interpretações inesquecíveis de Roger Daltrey (Tommy), Ann-Margret (sua mãe), Elton John (o mago do fliperama), Eric Clapton (o pastor) e Tina Turner (como a Rainha do Ácido).

  • Além de todo o material produzido a partir das apresentações individuais das bandas e músicos, existem dois álbuns, um duplo e outro triplo, com excelentes seleções das apresentações.
  • Este ano, em comemoração ao 40° aniversário, o cineasta Ang Lee (mundialmente conhecido pela direção de filmes como Brokeback Mountain) apresentou em Cannes o filme ficção Aconteceu em Woodstock, baseado no romance escrito por Elliot Tiber e Tom Monte. O filme só estreia no Brasil em 2010, mas o livro já pode ser encontrado. A expectativa é grande, até mesmo porque a comédia tem em seu centro um tema geralmente pouco abordado no que se refere ao festival: a homossexualidade, um tema que Ang Lee já provou tratar sempre (também em O banquete de casamento) de forma bastante interessante.

    LEIA TAMBÉM: