O PSTU lança cartaz e panfleto contra o aumento dos deputados

Cartaz da campanha

Como parte da campanha contra o aumento de salário dos deputados, o PSTU lançou, esta semana, um cartaz e um boletim para serem distribuídos em todo o país. O boletim, além do tema dos deputados, também trata das enchentes e dos direitos trabalhistas e aposentadorias.

No dia 15 de dezembro, os deputados e senadores aumentaram seus próprios salários em 62%. Eles também reajustaram 134% o salário da presidente Dilma Rousseff e em 149% o dos ministros. Todos agora vão receber quase R$ 27 mil. Enquanto isso, o salário mínimo deve atingir apenas R$545.

O PSTU na campanha contra o aumento
A medida gerou, evidentemente, revolta entre a população. O PSTU ingressou na Justiça com uma ação popular contra o aumento, ajudando a dar publicidade à indignação.

No seu programa semestral de TV do dia 20 de janeiro, o partido denunciou o reajuste e convocou um twitaço para a mesma noite. O protesto virtual teve adesão imediata, levando a tag #naoaoaumentodosdeputados e o PSTU aos primeiros lugares do Twitter em poucos minutos.

O escândalo do aumento é apenas uma expressão do que realmente representa o Congresso Nacional. Frequentemente, assistimos aos escândalos de corrupção envolvendo milhões e milhões de reais. Os parlamentares trabalham em favor dos empresários que patrocinam suas campanhas eleitorais e para eles mesmos.

O PSTU acredita que os parlamentares têm de receber salários iguais ao de um trabalhador especializado. É necessário, ainda, que os mandatos dos parlamentares e dos membros do Executivo sejam revogáveis, para que os trabalhadores e o povo brasileiro julguem sua atuação.

É preciso utilizar todos os meios para denunciar essa medida vergonhosa. A internet tem sido um muito importante. Contudo, é fundamental levar o povo para as ruas.

Quem quiser encampar essa causa pode obter o material baixando aqui no site ou solicitando em nossas sedes.

  • Baixe o boletim
  • Baixe o cartaz