No Recife, 170 participam de debate

No dia 1º de agosto ocorreu um debate organizado pelo PSTU de Recife, com Zé Maria, sobre os 6 meses do governo Lula, os desafios da esquerda socialista e a necessidade de construção de um Novo Partido. O debate reuniu 170 pessoas, incluindo dezenas de servidores em greve.

As perguntas do plenário priorizaram as dúvidas sobre como construir um novo partido e de como o PSTU se relaciona com essa proposta, pois já existe enquanto partido organizado.

Zé Maria respondeu que o PSTU é fundamental e deve ser fortalecido. Mas, que – ao mesmo tempo – está disposto a colocar toda a sua estrutura para a construção de um movimento por um novo partido, superior ao PSTU. Disse também que é fundamental a solidariedade aos deputados radicais. Porém, que este movimento, após a reforma da Previdência e as expulsões, não deveria permanecer lutando para seguir no PT.
O objetivo maior neste momento, disse, deve ser unificar a militância da esquerda socialista num movimento unitário por uma nova organização que sirva de referência para os movimentos sociais como alternativa de oposição pela esquerda ao governo Lula. Ressaltou que um Movimento por um Novo Partido deve ser unitário, aglutinar todos os lutadores e a esquerda. Seria um grande erro, disse ele, construir uma organização somente de petistas de esquerda que venham a sair do PT, sem unir todos os lutadores, o PSTU e diversos agrupamentos em uma única organização, pois isso geraria dispersão e desmoralização.
Post author David Cavalcanti,
de Recife (PE)
Publication Date