No dia 8 de março, as mulheres trabalhadoras vão às ruas


Com perfil classista e anti-governista, PSTU participa de atos em todo o país. Confira

Nesse 8 de março,  Dia Internacional de Luta das Mulheres, ocorrerão atos em todo o país. O PSTU vai às ruas com um perfil classista e anti-governista, denunciando a violência machista e a falta de políticas públicas dos governos em relação às mulheres. Nos atos, o PSTU vai ainda denunciar o assassinato da militante Sandra Fernandes, professora vítima dessa violência e do descaso dos governos. Sandra e seu filho foram assassinados a facadas pelo então namorado da professora no último dia 17 de fevereiro. Esse dia também será de homenagens à valorosa camarada.

Acompanhe abaixo as datas e locais dos atos já marcados:

São Paulo (SP): Dia 8, 9h – Ato Unificado, Concentração no MASP

São José dos Campos (SP): Dia 8, 10h – Praça Afonso Pena

Rio de Janeiro (RJ): Dia 8, 13h – Arrastão nos Arcos da Lapa

                                  Dia 10, 17h – Ato Unificado, concentração na Candelária

Belo Horizonte (MG): Dia 8, 9h – Ato Unificado, Concentração na Praça da Estação

Porto Alegre (RS): Dia 14, 17h – Ato junto com a Assembleia do CPERS, concentração no Largo Glênio Perez

Belém (PA): Dia 8, 9h – Ato Unificado, Concentração da escadinha da estação das Docas

Natal (RN): Dia 11, 14h – Ato “Para a Copa bilhões, para as mulheres migalhas” Concentração na Praça Vermelha

Curitiba (PR): Dia 8, 9h30 – Ato Unificado, concentração na Praça Santos Andrade

São Luis (MA): Dia 8, 8h – Praça Deodoro

Fortaleza (CE): Dia 8, 8h, concentração na Praça da Bandeira

Aracaju (SE): Dia 12, 6h30 – Ato Público em frente à sede da Petrobrás

Recife (PE): Dia 7, 15h – Ato Unificado, concentração na Praça do Derby

Maceió (AL): Dia 7, 13h – Ato Público, Concentração no Centro da cidade

LEIA MAIS
Para a Copa, bilhões. E para as mulheres?

Somos todas Sandra na luta contra o machismo e a exploração!