Movimento Mulheres em Luta realiza seminário nacional


O Seminário Nacional do Movimento Mulheres em Luta aconteceu nos dias 16 e 17 de agosto em São Paulo, reunindo 170 trabalhadoras e jovens. Representavam executivas estaduais ou locais de 18 estados, além de entidades sindicais de todo o país, como o Sinasefe, ANDES- BA, Sindicato dos Metroviários de São Paulo, Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário de São Paulo, Sindicato da Construção Civil de Belém, Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Sindicato dos Vigilantes e Fortaleza, Apeoesp -Leste e Sindicato dos Rodoviários de Recife, entre outros.

Também participaram representações da ANEL e do movimento popular ( como da Ocupação Esperança, em Osasco). Foram aprovados os princípios do estatuto da entidade, como também foi reafirmada a necessidade de seguir com as campanhas contra a violência e o assédio moral e sexual. A próxima atividade do MML ficou marcada para novembro, em Brasília.

Errata: No Opinião Socialista nº 484, por um erro de digitação, foi publicado que “Foram aprovados os princípios e o estatuto da entidade” ao invés de “os princípios do estatuto da entidade”.