Mobilizações tomam o país nesta segunda-feira

Pelo menos 12 capitais brasileiras são palcos de protestos. Esta quinta (20) será mais um dia nacional de mobilização

Após a brutal e covarde repressão da polícia às manifestações contra o aumento das tarifas do transporte público em São Paulo no dia 13, protestos se espalham pelo Brasil nesta segunda-feira, 17 de junho. As ruas das principais capitais brasileiras foram tomadas por milhares de manifestantes que protestam contra o alto investimento dos governos na Copa do Mundo, enquanto a saúde, educação e o transporte público são de péssima qualidade. As mobilizações denunciam ainda a repressão policial e a criminalização dos lutadores.

Pelo menos 12 capitais brasileiras são palcos de protestos: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (BH), Brasília (DF), Belém (PA), Maceió (AL), Salvador (BA), Curitiba (PR), Vitória (ES), Fortaleza (CE) e Recife (PE).

Em Belo Horizonte, dezenas de milhares de pessoas marchavam em direção ao Mineirão, onde ocorria um o jogo Taiti X Nigéria da Copa das Confederações. Próximo a UFMG, a polícia bloqueou a passeata e iniciou a repressão contra os manifestantes para impedir a chegada do protesto em frente ao Estádio. Bomba de gás lacrimogêneo e bala de borracha foram lançadas contra estudantes e trabalhadores. Dois manifestantes que foram cercados pela Tropa de Choque caíram de um viaduto e estão em estado grave em Hospital da cidade. Há confirmação de presos políticos na capital mineira, mas os números ainda não foram divulgados pela polícia.

Em São Paulo, o Datafolha afirma que o protesto já atinge 65 mil participantes. A manifestação se espalhou pela cidade e, até o fechamento desta matéria, a Avenida Paulista e a Marginal Pinheiros foram fechadas pelos manifestantes.

No Rio de Janeiro, a imprensa afirma que o ato já atinge os 100 mil. Manifestantes marcharam pela Avenida Rio Branco e se dirigiram à Cinelândia, na região central da cidade, onde ocuparam as escadarias da Biblioteca Nacional e da Câmara de Vereadores. De lá, seguiram pela Avenida Almirante Barroso em direção à Avenida Presidente Antonio Carlos até a Assembleia Legislativa do Estado (Alerj).Houve repressão da polícia quando os manifestantes se aproximaram da Assembleia.

Em Brasília, o protesto começou às 17h. Os manifestantes se concentraram em frente ao Museu da República e, de lá, marcharam em direção ao Congresso Nacional, na Esplanada dos Ministérios. Até o fechamento desta matéria, manifestantes ocupavam a rampa e o teto do Congresso Nacional em Brasília. O protesto reuniu cerca de 10 mil manifestantes.

Em Porto Alegre, protesto reuniu por volta de 20 mil. Em Curitiba e em Belém, a mobilização chegou a reunir 15 mil pessoas. Em salvador, a polícia militar fala em 10 mil manifestantes. Na capital alagoana, cerca de 3 mil manifestantes protestaram nas ruas da cidade. Em Recife, o que era para ser uma reunião de organização para o ato de quarta-feira se transformou em passeata. Os manifestantes afirmaram que a mobilização foi apenas um ensaio para a grande manifestação que deverá ocorrer na capital pernambucana no dia 20/06.
Pelas redes sociais, novos protestos já estão marcados em diversas cidades do país. Quinta-feira, 20 de junho, será mais um dia nacional de mobilizações.

Veja galeria de fotos do protesto

 

Clique nos Estados para obter mais informações:





 

Brasil

Voltar ao mapa



São Paulo

Voltar ao mapa


Rio de Janeiro

  • 17/06/2013 (20:56) – Segundo o COPPE-UFRJ manifestação já atinge 100 mil
  • 17/06/2013 – Protesto contra o aumento da passagem no Rio de Janeiro-RJ
  • Leia mais (atualizações): 14/06/2013 – Nesse dia 13, o Rio parou nos protestos contra o aumento da tarifa
  • 13/06/2013 – Protesto contra o aumento da passagem no Rio de Janeiro-RJ

Voltar ao mapa


Minas Gerais

Voltar ao mapa


Rio Grande do Sul

Voltar ao mapa


Goiás e Distrito Federal

  • 17/06/2013 – Protesto contra o aumento da passagem em Brasília-DF
  • 10/06/2013 – Aumento da passagem é revogado em Goiânia-GO
  • 06/06/2013 – Protesto contra o aumento da passagem em Goiânia-GO

Voltar ao mapa


Paraná

  • 17/06/2013 – Protesto contra o aumento da passagem em Curitiba-PR

Voltar ao mapa


Bahia

Voltar ao mapa


Pará

Voltar ao mapa


Rio Grande do Norte

Voltar ao mapa


Ceará

  • 17/06/2013 – Protesto contra o aumento da passagem em Fortaeza-CE

Voltar ao mapa


Pernambuco

Voltar ao mapa


Espírito Santo

  • 17/06/2013 – Protesto contra o aumento da passagem em Vitória-ES

Voltar ao mapa

Atualizado em 18/06/2013 às 03:17