Metroviários aprovam em assembleia indicativo de greve no dia 30

Manifestação realizada pelos metroviários no dia 1º de junho

Trabalhadores metroviários de São Paulo aprovaram, em assembleia realizada na noite dessa quinta-feira, 22, o indicativo de greve para o dia 30 de junho, data definida pelas centrais sindicais para a Greve Geral contra as reformas trabalhista, previdenciária e as terceirizações do governo Temer.

A categoria teve participação decisiva no dia 15 de março, dia nacional de lutas e paralisações, assim como na Greve Geral do dia 28 de abril, ao lado de outras categorias do transporte. A decisão desta quinta ratifica o que havia sido definido na plenária nacional dos trabalhadores dos transportes que ocorreu no último dia 19 em São Paulo, que aprovou indicativo de greve para ser levado à reunião das centrais sindicais, que ocorrerá nesta sexta, 23.

A assembleia aprovou o indicativo de greve e reafirmou a carta que já havíamos mandado às centrais exigindo a manutenção da Greve Geral no dia 30“, explica o diretor do Sindicato dos Metroviários, Narciso Soares. Os metroviários aprovaram a realização de uma nova assembleia no dia 29 de junho para avaliar e decidir o rumo da mobilização.

LEIA MAIS
Centrais precisam manter e garantir a Greve Geral!