Maioria da UBES faz papelão em Curitiba

Na última terça-feira, foi realizada a abertura do congresso estadual da UBES no Colégio Estadual do Paraná. Estiveram presentes, entre outros, o presidente da UBES, Igor Bruno, a diretoria da UPES e era prevista a presença do secretário de Educação, Maurício Requião, que não pode comparecer mas enviou um representante.

Em meio a discursos governistas o presidente da UBES entregou uma placa ao representante do governo Requião chamando-o de “ämigo dos estudantes“. Prontamente os estudantes do Movimento Ruptura Socialista iniciaram um protesto, afirmando em alto em bom som que esse governo é inimigo dos estudantes, quando foram cercados e ameaçados pela UJS.

Dirigentes do MR-8 disseram aos estudantes que por causa da atitude deles os vereadores não pagariam os ônibus de volta aos colégios, então os ativistas do
MRS chamaram os estudantes a pular a catraca dos ônibus, exigindo o psse-livre. Os militantes do MRS e do PSTU foram ameaçados pelo MR-8, que os cercou e só não os agrediu porque os estudantes os cercaram e defenderam. Esse é retrato da UBES governista, presenteia os governantes e agride os estudantes.