Leia o panfleto do MAS equatoriano

Partido da Liga Internacional dos Trabalhadores defende a derrubada do governo e a retomada do Parlamento dos Povos, que coordenou a Revolução do Arco-Íris, em 2000Fora Lúcio e o TLC! ¡Que se vayan todos!

Nem Constituinte, nem eleições burguesas: organizar as assembléias populares

A retirada do decreto de Estado de Emergência de Lúcio provou que a mobilização popular é o único caminho para derrotar Lúcio Gutierrez e o Congresso. O que falta é uma alternativa de poder da classe trabalhadora, dos camponeses e dos setores explorados do país. É a hora de construir uma saída com um governo que, além de trocar as cortes, ou chamar novas eleições ou constituintes para salvar o Estado burguês, faça as medidas econômicas e sociais para tirar as pessoas da miséria e do desemprego. O povo está farto de eleições que que não mudam a vida. Necessitamos de emprego, verbas para a saúde e para a educação, créditos para os pequenos camponeses e comerciantes, moradia, melhores salários e reforma agrária.

As verdadeiras mudanças somente virão com o não pagamento da dívida, com a expropriação dos grandes grupos extrangeiros, o confisco da terra dos latifundiários agroexportadores, con o confisco da grande propriedade privada para fazer a verdadeira distribuição da renda nacional.

Somente um governo da classe trabalhadora em unidade com os camponeses e os setores explorados do país pode cumprir essas exigências. Isso é possível com a continuidade das mobilizações e a construção de um organismo de poder popular, pela via das assembléias populares dos bairros, escolas, universidades e sindicatos de trabalhadores, em direção ao Parlamento dos Povos.

  • Não pagar a dívida externa. Não à Alca e ao TLC
  • Não ao Plano Colômbia e à base de Manta
  • Reforma Agrária
  • Cumprir as exigências das nações indígenas
  • Defesa dos direitos dos trabalhadores
  • Mais verbas para a saúde e a educação públicas

    MOVIMIENTO AL SOCIALISMO – MAS
    Pela construção de um novo partido de esquerda, classista, revolucionário e socialista
    e-mail: [email protected]

  • Visite o site da LIT-QI