Imigrantes foram às ruas nos EUA neste 1º de Maio

“Obama escuta, estamos na luta!”O dia 1º de maio não passou em vão nos Estados Unidos. Houve mais de trinta atos em todo o país. Foi um verdadeiro dia nacional de luta puxado pelos imigrantes.

Desde 2006, os imigrantes, majoritariamente latinos, vão às ruas no 1º de Maio. Os atos são bilíngues, em inglês e espanhol. Mas os setores mais dinâmicos são os latinos com seus cantos em língua espanhola.

Há muita expectativa sobre o que Obama fará com as leis de imigração. Há três anos, o governo Bush, com o apoio dos democratas, tentou aprovar uma lei que dificultava a vida dos imigrantes. No entanto, uma onda de lutas e divergências entre a própria burguesia americana impediram sua aprovação.

Neste 1º de Maio, os imigrantes já enviaram seu recado. Qualquer reforma contra os imigrantes será recebida com resistência nas ruas.

Florence Oppen faz parte de Voz dos Trabalhadores, grupo simpatizante da Liga Internacional dos Trabalhadores (LIT-QI) nos Estados Unidos