Garra da militância garantiu mais de 10 milhões de votos

A participação no Plebiscito Nacional sobre a Alca surpreendeu: entre 1º e 7 de setembro, 10,14 milhões de pessoas votaram nas mais de 41 mil urnas montadas em 4 mil municípios brasileiros. O objetivo inicial, superar os 6 milhões de votantes no Plebiscito sobre a Dívida Externa, em 2000, foi batido com larga folga.
O resultado, entregue no dia 17 para o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal, ainda era parcial, pois faltavam ser apuradas urnas em São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Bahia.

Participação nos estados

Em todos os Estados houve uma grande participação, inclusive na organização do Plebiscito, que envolveu mais de 100 mil pessoas em todo o país. Foi expressivo o número de votantes em cidades pequenas, nas urnas montadas por comunidades e associações de bairro, além das votações nos acampamentos e assentamentos do MST. Nos grandes centros, teve peso a participação dos sindicatos, que promoveram o Plebiscito inclusive em bancas de rua.
São Paulo foi o Estado com maior número de votantes (2,33 milhões). Na capital, só nas urnas montadas pelo Sindicato dos Metroviários nas estações do Metrô, votaram 30 mil pessoas. A Zona Leste (Região Belém) teve 50 mil votantes e a Sudeste (Região Ipiranga), 30 mil.
O número de participantes em outras regiões do Estado, comparado com a votação conseguida no Plebiscito sobre a Dívida, também dá uma idéia do quanto a discussão sobre a Alca mobilizou sindicatos e entidades do movimento popular. Na Baixada Santista, votaram 40 mil pessoas em 2000 e 98 mil esse ano. São José dos Campos teve 58 mil votantes, mais do que o dobro dos 26 mil votos conseguidos no Plebiscito sobre a Dívida Externa. Em Campinas, a participação passou de 50 mil para 86 mil.

Jovens driblam limite de idade

Um exemplo de como a questão da Alca mobilizou o Rio de Janeiro foi a participação dos estudantes. Como só maiores de 16 anos podiam votar, em algumas escolas os alunos organizaram urnas separadas ou abaixo-assinados, nos quais manifestaram seu desagrado com a entrada do país na Área de Livre Comércio das Américas. O Rio foi o terceiro estado com maior número de votantes (742 mil pessoas), atrás de Minas Gerais, em cujas 1.505 urnas votaram 1,29 milhão de pessoas.

Curiosidade
Militantes fizeram a diferença.
Foram cerca de 120.860 vonluntários que ajudaram na campanha em todo país!
Post author Luiza Castelli,
da redação
Publication Date