Fundação estatal de Guarulhos demite cipeiro

Na tarde de quarta-feira, 7 de maio, o cipeiro José Adelmo Leite, funcionário da Fundação para o Remédio Popular (Furp) há oito anos foi demitido por justa causa. O motivo foi socorrer uma companheira de trabalho que passava mal e chorava de dores. Adelmo, que foi eleito cipeiro pelos trabalhadores e que sempre zelou pela segurança e saúde dos seus companheiros de trabalho, foi demitido sem explicação convincente.

O fato está gerando uma enorme insatisfação e revolta entre os trabalhadores da Furp que não entendem porque Adelmo está sendo demitido. Adelmo sempre foi um ótimo funcionário e, por isso, foi o cipeiro mais votado na última eleição e, como tantos outros trabalhadores, não tem outra forma de sustento para si e sua família.

Essa atitude da empresa só se explica por perseguição política a um trabalhador que está cumprindo mandato da Cipa e que sempre defendeu os seus direitos e dos demais.

A Furp é uma Fundação pública e deve prestar esclarecimentos à sociedade civil sobre essa atitude tão irresponsável. É inadmissível a perseguição política na democracia em que vivemos.

Exigimos a imediata reintegração do companheiro Adelmo!

ENVIAR MOÇÕES EXIGINDO A REINTEGRAÇÃO IMEDIATA DE ADELMO PARA:
Governador José Serra

[email protected]
Fax: (11) 2193 8344

Furp
[email protected]

Superintendência da Furp
A/C Sr. Ricardo Oliva
superintendê[email protected]

Com cópia para: [email protected]