Estudantes paralisam as atividades na federal da Paraíba

Os estudantes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) protagonizaram uma série de manifestações que surpreendeu toda a comunidade universitária e a sociedade em geral.

Os técnico-administrativos estão em greve e os docentes tinham indicativo para parar no dia 27. Os estudantes, em assembléia geral no dia 8 de julho, deflagraram uma mobilização que contou com a participação dos CAs, do DCE e de integrantes do Fórum contra a reforma Universitária. Um ato unificado com todos os setores da universidade, com mais de mil pessoas, denunciou o descaso do governo Lula com a Universidade, assim como o corte de verbas do reitor Jader Nunes.

No dia 21, uma assembléia definiu greve por tempo indeterminado. Com essa greve, o movimento na UFPB dá um importante passo na luta contra a reforma Universitária. Sabemos das conseqüências de tal reforma no ensino superior brasileiro: entre elas, a privatização do ensino público.
Post author Lício Romero, de João Pessoa (PB)
Publication Date