Estudantes em São José dos Campos vão às ruas pelo passe-livre e contra o aumento da passagem

Seguindo a trilha dos estudantes de Salvador, a juventude de São José dos Campos (interior de São Paulo) também foi às ruas pelo passe livre e contra o aumento da passagem de ônibus. No dia 05/09, cerca de 800 jovens tomaram as principais ruas de São José e realizaram um grande ato na praça Afonso Pena, centro da cidade.

Além da luta contra o aumento da passagem, cuja proposta dos empresários é passar dos atuais R$ 1,60 para até R$ 2,86, a mobilização é também pelo passe-livre para estudantes e desempregados.

A luta levou também a forte repressão de diretores de escolas contra os estudantes. Um militante do PSTU, Rafael Medeiros Pinto, foi ameaçado de expulsão e depois de forte mobilização na escola, a diretora recuou, suspendendo o aluno por sete dias.

Mas, isso não desanimou os estudantes que já estão com novos atos marcados para as próximas semanas. “Há muito tempo o movimento estudantil estava parado aqui na cidade. Em muitas escolas a participação começou de forma espontânea. Agora estamos
tirando comandos por escolas e acreditamos que esse movimento irá crescer ainda mais”, disse Eric Fernandes de Oliveira, um dos coordenadores do movimento pelo Passe-Livre.