Estudantes argentinos ocupam Reitoria da UBA

``ColunaOs estudantes da Faculdade de Ciências Sociais ocuparam a reitoria da Universidade de Buenos Aires – UBA. A UBA é uma universidade de mais de 260 mil estudantes e a Faculdade de Ciências Sociais, por sua vez, possui mais de 20 mil. A partir deste conflito pode ocorrer a generalização da mobilização na UBA, o que colocaria novamente o movimento estudantil como um dos atores da luta de classes no país.

O movimento estudantil universitário não teve nenhuma mobilização importante desde a revolta generalizada de 19 e 20 de dezembro de 2001, que derrubou De La Rua e os quatro presidentes que o sucederam. Na universidade o único curso que desenvolveu um processo importante de luta foi o de Sociologia. Nesse período, toda a faculdade de Ciências Sociais foi desenvolvendo uma luta por um edifício único para a sua faculdade.
Hoje a ocupação da reitoria se dá com a seguinte pauta:
1- Fim do processo contra os universitários Martín Ogando e Sergio Salgado, perseguidos pelas autoridades da UBA.
2- Por um edifício único para a Faculdade de Ciências Sociais diante dos problemas de funcionamento.
3- Aumento do Orçamento para o funcionamento normal da instituição e para assegurar a continuidade de uma Universidade Pública e Gratuita.
4- A favor da eleição direta das carreiras. Contra a intervenção da Sociologia pelas autoridades da UBA.
5- Pela normalização do regime de bolsas de ajuda econômica para os estudantes de toda a UBA.

A exigência de democratização da UBA é um elemento fundamental porque hoje, pelo mecanismo antidemocrático que a UBA elege os seus dirigentes, há o controle da UCR (União Cívica Radical), partido do ex-presidente De La Rua, sobre a direção da UBA.
É urgente impulsionar uma campanha de solidariedade aos estudantes argentinos. Solicitamos aos Diretórios Centrais de Estudantes, Centros Acadêmicos, diretores da União Nacional dos Estudantes e de Uniões Estaduais de Estudantes, Associações Docentes e Sindicatos de Servidores do Brasil que enviem moções de apoio exigindo que a reitoria atenda as reivindicações dos estudantes.

Os e-mails devem ser mandados para secretariafuba@yahoo.com.ar com cópia para bentojose@uol.com.br
Post author Bento José, de Buenos Aires
Publication Date