Em Fortaleza surge o Movimento por uma Arte Revolucionária Independente

Militantes da juventude do PSTU de Fortaleza (CE), organizados na secretaria por uma arte independente, tomaram a iniciativa de abrir uma discussão, à qual se somaram bandas da cena rock, grupos de rap/hip-hop locais e músicos, poetas que militam ou têm simpatia pelo PSTU e daí surgiu a iniciativa de criar o Movimento por uma Arte Revolucionária Independente.

Tendo como base o manifesto “Por uma Arte Revolucionária Independente”, escrito por Breton e Trotsky, redigimos o manifesto do m.a.r.i que, embora tendo a princípio, um cárater propagandístico, tornar-se-á (por seu objetivo político- cultural) a expressão da organização.

Os artistas e bandas que assinam o manifesto do m.a.r.i são companheiros que enxergam no socialismo o único sistema capaz de libertar não somente a arte mas também a classe trabalhadora da dominação capitalista.

As bandas de punk rock são conformadas por alguns companheiros do partido que advém ou têm influências do movimento redskin (punks socialistas). Estamos discutindo, através do manifesto, com várias outras bandas de rock, hip-hop, reggae,funk, além de grupos teatrais, poetas, escritores etc. Enfim, essa discussão interessa a todos aqueles que representam e defendem a arte.

Por isso, fazemos um chamado a todos os camaradas que compreendem a necessidade deste manifesto a virem somar conosco e construir, pelos métodos da arte, um pólo anti-imperialista, anti-capitalista e pela revolução socialista.

Contatos: [email protected]

Post author
Publication Date