Em Belém, operário apresenta debate em comemoração aos 90 anos da Revolução Russa

No dia 27 de novembro, o PSTU de Belém (PA) promoveu, em conjunto com a Corrente Socialista dos Trabalhadores (CST), corrente interna do PSOL, um debate em comemoração aos 90 anos da Revolução Russa. O evento iniciou por volta das 18h com cerca de 70 pessoas entre estudantes e trabalhadores, militantes e simpatizantes do PSTU e do PSOL, além de pessoas que, passando pelo local ou vendo as faixas de divulgação, resolveram conferir os debates.

Na mesa, palestraram Douglas Diniz, representando a CST, e Cleber Rabelo, operário da construção civil e militante do PSTU. O público permaneceu em grande quantidade até o fim da palestra, havendo muitas discussões sobre o tipo de partido necessário para dirigir a revolução, além de intervenções sobre a situação da Venezuela e o “socialismo do século XXI” pregado por Hugo Chávez.

Cléber ressaltou a importância da construção do Partido para atuar como direção dos trabalhadores na construção da revolução e as contradições entre o discurso e a prática de Chávez, que, apesar de se dizer antiimperialista, permanece fiel ao pagamento da dívida externa e defendendo a propriedade privada.

Além do debate, os militantes do PSTU montaram uma banca com a venda das publicações em comemoração aos 90 anos da Revolução Russa.

A atividade faz parte das comemorações já realizadas em diversos estados pelo PSTU para homenagear os 90 anos da revolução que mudou o mundo.