Educadores da rede estadual de MG podem entrar em greve nesta quinta

Os trabalhadores em educação da rede estadual de ensino de Minas Gerais farão, nesta quinta-feira, 8, uma assembleia geral para decidir se entram em greve. O indicativo de paralisação foi definido no dia 16 de março.

A última assembleia, no dia 16 de março, reuniu mais de 4 mil servidores do Estado. Um ato público contou com a presença de trabalhadores da educação, da saúde e da segurança pública. os servidores fecharam a rodovia MG-10, em frente à Cidade Administrativa, inaugurada no dia 4 de março. A estrada dá acesso ao aeroporto de Confins.

A manifestação obrigou o governador Aécio Neves (PSDB) a anunciar reajuste aos servidores: 15% para as polícias militar e civil e 10% para os demais setores. Ainda é uma proposta insuficiente, mas já é uma primeira vitória da mobilização dos servidores estaduais.