Delegados aprovam chamado à unidade e plano de lutas

O I Congresso da Conlutas não apenas reafirmou a importância da entidade no atual processo de reorganização da classe trabalhadora. Em Betim (MG), os milhares de delegados aprovaram importantes resoluções que, entre outros pontos, propõem a unificação da Conlutas e da Intersindical numa única entidade.
O congresso também aprovou a unidade das campanhas salariais deste segundo semestre, propondo a luta pelo gatilho salarial e pelo congelamento dos preços para enfrentar a inflação.

Unificação
Atnágoras Lopes, dirigente do Sindicato da Construção Civil de Belém (PA), foi um dos que mais defenderam a unificação com a Intersindical. Ele criticou os que, em nome da unidade, atuam pela divisão. “Muito se falou em unidade. Estiveram aqui companheiros do MTL, que pautaram a unidade em nome da humildade, mas o movimento que fizeram, de ruptura com esse congresso a poucos dias de sua realização, foi no sentido oposto ao fortalecimento de uma alternativa de direção”, afirmou. “Construir a unidade para além desse ginásio é a tarefa de nossas vidas”, defendeu o dirigente operário.

“Quando a classe trabalhadora fala em unidade, não é retórica, mas uma necessidade concreta na luta contra o capitalismo”, disse Cyro Garcia, do PSTU e da Oposição Bancária no Rio de Janeiro. Cyro chamou a formação de uma alternativa única que una os setores combativos da classe trabalhadora.

“Apesar de todas as vitórias que a Conlutas conquistou, como na construção civil de Fortaleza e na Revap de São José dos Campos, assim como na GM, na luta contra o banco de horas, ainda somos poucos. Para avançar na luta, fazemos um claro chamado à Intersindical, apontando para um congresso de unificação”, defendeu Cyro.

Os delegados aprovaram o chamado à unidade com a Intersindical e medidas concretas para nisso. Como a retomada do Fórum Nacional de Mobilizações e uma atividade no próximo Fórum Social Mundial, em 2009, no Pará. Além disso, a unidade será buscada nas lutas cotidianas, no trabalho com as oposições sindicais e nas campanhas salariais.

Post author
Publication Date