Comitê de Solidariedade aos Povos Árabes reúne-se hoje com Celso Amorim

Ativistas entregarão abaixo-assinado ao governo exigindo atitudes concretas contra a ofensiva israelenseNesta quarta-feira, 23 de agosto, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, receberá em seu gabinete, em Brasília, às 16h, delegação do Comitê de Solidariedade aos Povos Árabes. Na audiência, será entregue ao ministro abaixo-assinado contendo milhares de assinaturas em favor do cessar-fogo incondicional no Líbano e Palestina e exigindo atitudes concretas contra a ofensiva israelense na região.

Assim, é pleiteado do Governo brasileiro que oponha-se publicamente ao massacre dos povos palestino e libanês por Israel; não assine o Tratado de Livre Comércio entre Mercosul e Israel; retire imediatamente o Embaixador do Brasil em Israel sob forma de protesto; atue na reconstrução do Líbano e Palestina e reparação aos danos causados às populações. Após a audiência com o ministro Celso Amorim, a comitiva deverá se dirigir à Embaixada da Palestina no Brasil para um encontro com sua representante, Mayada Bamie, em que manifestará solidariedade aos palestinos.

O Comitê de Solidariedade aos Povos Árabes reúne uma série de entidades da sociedade civil, incluindo as que representam a comunidade árabe em São Paulo e no
Brasil. Formou-se após a investida do governo de Israel no Líbano, iniciada em 12 de julho, e já realizou uma série de ações contra o massacre aos povos desse país e da Palestina.

PSTU contra o massacre
Dirceu Travesso, da Oposição Bancária e candidato a deputado federal pelo PSTU, participa da delegação do Comitê que se reúne com Celso Amorim. Travesso também estará nesta sexta, dia 25, às 13h, em um debate sobre o massacre no Líbano e a saída para a questão palestina. O debate será na sede do Sintusp (Av. Profº Luciano Gualberto, travessa J, 374 – Cidade Universitária) e contará com vários debatedores, como a União da Juventude Árabe para a América Latina, a Federação Israelita e Waldo Mermelstein, militante do PSTU.

Com informações do Comitê de Solidariedade aos Povos Árabes

LEIA TAMBÉM

  • Sintusp realiza debate sobre Líbano no dia 25