Chapa da Oposição Bancária derrota CUT e CTB no Maranhão

Bancários do Maranhão decidem manter o sindicato com autonomia e independência frente a patrões, banqueiros e governoA chapa 1 (Unidade, Resistência e Luta), apoiada pelo Movimento Nacional de Oposição Bancária (MNOB), venceu no dia 23 de maio as eleições para a diretoria do Sindicato dos Bancários do Maranhão com mais de 56% dos votos válidos.

As eleições ocorreram durante os dias 19, 20 e 21 de maio em todo o estado e contou com a participação recorde de 2.775 bancários. A chapa composta pela maioria da atual direção do sindicato derrotou a chapa da CUT e da CTB por uma diferença de 333 votos. A chapa 1 ganhou na capital e em quase todas as regionais.

Em seu programa, a Chapa 1 reivindica a luta pela reposição das perdas salariais acumuladas desde o governo FHC e a construção de uma mesa de negociação dos bancos públicos. Durante a disputa a chapa oposicionista (CUT-CTB), que contava com apoio da direção dos bancos, preferiu fazer uma campanha difamatória atacando membros da chapa do MNOB.

A vitória da chapa 1 reforça o polo alternativo de resistência ao governismo da Contraf-CUT e a construção de um sindicalismo de base, democrático e independente dos patrões e do governo. Agora o desafio é mobilizar a categoria para continuar na luta contra as demissões, o assédio moral e o arrocho salarial.