Cartilha de Mulheres do PSTU é lançada em Recife

Atividade reforça o sentimento de solidariedade entre as mulheres

O lançamento foi em um ‘picnic’ que reuniu militantes e simpatizantes do partidoAconteceu, neste sábado (15/12), o Picnic Socialista, organizado pela Secretaria de Mulheres do PSTU da regional Pernambuco. Uma atividade diferente que contou com a participação de 14 mulheres, entre militantes e simpatizantes do partido.

O objetivo do encontro foi debater temas que envolvem a luta contra o machismo e contra a opressão vivenciada pelas mulheres. Também fez parte da conversa a necessidade da organização das mulheres trabalhadoras, tendo em vista que estas sofrem com a exploração promovida pelo sistema capitalista.

Entre biscoitos, bolos e sucos, apareceram várias temáticas no debate, tais como: prostituição, legalização do aborto, dupla jornada de trabalho, salários rebaixados das mulheres, responsabilidade compartilhada dos filhos, padrões de beleza, sexualidade e orientação sexual, violência contra mulher, situação das mulheres no oriente médio, entre outros.

Paula Farias, da Secretaria de mulheres da regional Fortaleza, foi convidada para o picnic. Ela fez uma apresentação da cartilha Luta mulher, lançada em Recife durante a atividade. “A cartilha explica o que é o machismo e a opressão. Também apresenta o programa do partido para as mulheres trabalhadoras”, explica Paula.

Na cartilha é possível encontrar um resgate do surgimento do machismo e da opressão vivida pela mulher no capitalismo. Também explica a diferença das mulheres trabalhadoras para as mulheres burguesas, além de apontar uma alternativa para organização das mulheres trabalhadoras em busca da emancipação humana, através do socialismo.

Para Paula, essa atividade foi muito importante para unir as mulheres do partido e as simpatizantes. “Atividades como esta reforçam o sentimento de solidariedade entre as militantes e simpatizantes do partido. Confirmamos nessas experiências que não estamos sozinhas nessa luta cotidiana contra a opressão e exploração. Espero que atividades como essa se repitam”, declara.