Camponeses lutam por terra no Paraguai

Um grande protesto nacional se iniciou em 16 de novembro. A Frente Nacional de Lucha por la Soberanía y la Vida (FSV), que aglutina organizações operárias, camponesas, estudantis e populares, decidiu em Assembléia convocar o protesto por tempo indeterminado. As reivindicações são: reforma agrária, aumento de salários, mais verbas para áreas sociais e o fim da criminalização das lutas sociais. Os trabalhadores realizaram piquetes, bloqueios de estradas, ocupações e marchas e as lutas crescem a cada dia, enfrentando uma forte repressão. O Paraguai é o país da América Latina com maior desigualdade fundiária. Cerca de 1% de latifundiários detem 77% das terras.
Post author
Publication Date