Campanha contra perseguição a presos do Consulado ganha site

O endereço do site é www.presosdoconsulado.org.brEstá no ar desde o dia 1º de maio o site Presos do Consulado. Com o título “Presos políticos nunca mais! Arquivamento do processo já”, esta será mais uma ferramenta na campanha pelo arquivamento dos processos contra os 13 ativistas que foram presos no Rio durante a visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Na página da internet, qualquer pessoa poderá facilmente aderir à campanha, assinando a petição online, se cadastrando para receber notícias, baixando materiais para divulgar, como um jornal especial, e baixando o manifesto para recolher assinaturas. Lá o internauta também poderá ver quem já está apoiando e o que eles dizem sobre essa repressão. É o caso do ex-governador do Rio e advogado Nilo Batista, da deputada estadual pelo PSOL Janira Rocha, da presidente do Grupo Tortura Nunca Mais, Cecília Coimbra, entre outros.

O site também conta com seções que contam a história das prisões, apresentam os ativistas e mostram as ações que estão sendo feitas para garantir que os manifestantes não sejam criminalizados. O passo a passo da campanha – atividades, manifestações, ações jurídicas – poderá ser acompanhado também.

Campanha não acabou
A repressão e a prisão dos ativistas são um ataque brutal à liberdade de organização e de manifestação. Os 13 ativistas passaram por um processo de humilhações e de desrespeito aos direitos humanos.

A medida adotada pelo governo é parte do crescente processo de criminalização dos movimentos sociais. É por isso que a campanha não acabou, e a adesão de todos e todas será decisiva.