Barragens expulsarão 850 mil pessoas

O dia 14 de março é o Dia Internacional de Luta Contra as Barragens. Além de diversas manifestações pelo Brasil, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) preparou um dossiê sobre o modelo energético brasileiro. Segundo Gilberto Cervinski, da coordenação do MAB, “Se nada for feito, 850 mil pessoas serão expulsas pela construção de barragens no Brasil nos próximos anos”. Um número superior as metas do Plano de Reforma Agrária de Lula. O dossiê critica também as medidas do governo no setor energético, como subsídios a empresas norte-americanas na Amazônia e o perdão a parte da dívida da AES-Eletropaulo, que juntos custaram cerca de 1,1 bilhão de reais ao país em 2003.
Post author
Publication Date