Atividade em Belém marca o lançamento do Comitê 10% do PIB pra Educação

Mais de 70 pessoas, entre estudantes, professores, técnicos administrativos além de outros profissionais e ativistas dos movimentos sociais, participaram do lançamento do ‘Comitê Estadual 10% do PIB pra Educação, Já!’ A atividade ocorreu no final da tarde da última quarta-feira, 19, na Universidade Federal do Pará.

A ANEL, a CSP-Conlutas, os DCE´s UFPA, UFRA e UEPA, o ANDES-SN Regional Norte, o Sindicato dos Técnicos Administrativos das Universidades no Pará (Sindtifes-PA), a Intersindical, o grupo Unidos, o coletivo Juntos, além de outros sindicatos e representações políticas da esquerda paraense, saudaram o lançamento do comitê.

A juventude do PSTU usou sua fala para destacar que somente com uma aliança operária estudantil será possível combater a precarização do ensino e avançar para uma educação de qualidade, gratuita e que dê acesso aos filhos e filhas dos trabalhadores que carregam esse país nas costas. Além de destacar a importância fundamental de que a luta no Brasil siga os passos do que ocorre hoje na Europa e no Oriente Médio.

O espaço foi apenas o primeiro passo de uma grande campanha que será tocada nos próximos meses pelo Comitê Estadual. A principal tarefa deste comitê será organizar em novembro, no estado do Pará, o Plebiscito Nacional pelos 10% do PIB contra o Plano Nacional de Educação (PNE) do governo federal.

As entidades e os coletivos organizados terão a responsabilidade de denunciar o descaso pelo qual passa a educação brasileira e exigir do governo federal o investimento de 10% do PIB na educação, já!