Alternativa é a oposição de esquerda

A decepção com o PT não pode causar um retrocesso na consciência dos trabalhadores brasileiros. É necessário discutir com cada um que os políticos são representantes da política de seus partidos, a qual será implementada por eles, caso sejam eleitos. Não adianta fazerem promessas às vésperas das eleições, depois descumprirão todas e farão suas administrações contra os trabalhadores, beneficiando banqueiros, empresários e seus comparsas de poder. Esses que se dizem oposição agora, mas fazem uma oposição pela direita, são a perpetuação do neoliberalismo, do desemprego, do arrocho e da corrupção.
Os trabalhadores devem buscar uma oposição de esquerda aos governos municipais. Candidatos que defendam o fim da Lei de Responsabilidade Fiscal nas cidades, e a aplicação das verbas em saúde, educação, emprego, terra e moradia. Um partido que defenda o rompimento com a Alca e o FMI e o não pagamento da dívida externa, porque sem romper com o imperialismo será impossível aplicar políticas municipais voltadas para o bem-estar da classe trabalhadora.

O PSTU é essa oposição de esquerda e lançará candidatos a prefeito em 21 capitais e mais de 100 cidades. Por isso, se você está desiludido com a administração na sua cidade, junte-se à luta dos trabalhadores, estudantes, sem-terra e sem-teto. Vamos juntos fortalecer a campanha do PSTU.

Post author
Publication Date