Vanessa Portugal é pré-candidata à prefeitura de Belo Horizonte

92

Vanessa Portugal é professora da rede municipal e uma lutadora socialista que, desde 1996, participa ativamente das lutas e greves de sua categoria. Nesses 20 anos de militância, enfrentou os governos de Célio de Castro (PSB) e Fernando Pimentel (PT). Como diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte (Sindrede), Vanessa faz parte daqueles que enfrentam no dia a dia os ataques do governo Márcio Lacerda (PSB). Ninguém mais suporta esse governo e, a cada dia, aumentam os clamores pelo “Fora Lacerda”!

O atual prefeito iniciou seu mandato com o apoio de Pimentel e do PSDB de Aécio Neves. Desde então, Lacerda governa para empreiteiros e especuladores imobiliários. Privatizou escolas com PPPs, para beneficiar empreiteiras envolvidas na Lava Jato, enquanto os servidores públicos acumulam perdas de 30% nos salários. Neste momento, de maneira ditatorial, Lacerda ataca professores com remoções de escolas por motivos políticos.

Em Minas, já são mais de um milhão de desempregados. Esse número pode aumentar com o fechamento da Usina da Vallourec (Manesman) no Barreiro, que possuí mais de 5 mil postos de trabalho diretos.

As lutas por moradia se multiplicam. Assim, surgiram as ocupações da Isidora, Camilo Torres, Irmã Dorothy e Willian Rosa em Contagem. São famílias de trabalhadores que enfrentam a repressão da prefeitura e do governo do Estado.

Venessa sempre lutou contra o machismo, a lgbtfobia e o racismo. Sua pré-candidatura contribui para a conscientização do que significa o veneno das opressões em nossa sociedade.

Vanessa Portugal é tudo isso: mulher, revolucionária e socialista!