São José dos Campos: Sindicato dos metalúrgicos prepara manifestações pelo “Fora Todos Eles e Eleições Gerais”

97

Haverá protestos nas fábricas e nas ruas, exigindo a saída de todos os parlamentares e da presidente Dilma

Diante da grave crise política e econômica pela qual passa o país, o Sindicato inicia nesta sexta-feira (18), a campanha “Fora todos eles e Eleições gerais, já”. Serão realizadas manifestações nas fábricas e nas ruas, convocando todos os trabalhadores para se unirem nesta luta e pela construção de uma greve geral no país.

Junto com a CSP-Conlutas, o Sindicato defende a saída de todos os parlamentares que compõem o Congresso Nacional e da própria presidente Dilma Rousseff (PT), com a convocação de novas eleições gerais. Os protestos terão o propósito de mostrar a indignação dos trabalhadores e da população frente aos últimos acontecimentos políticos.

As denúncias envolvendo os maiores partidos do país (PT, PMDB e PSDB) mostram que o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) de nada adiantará, tendo em vista que ela seria substituída por Michel Temer ou Eduardo Cunha, ambos do PMDB e também investigados pela Operação Lava jato.

Para fortalecer a luta contra esse governo, Congresso Nacional de corruptos e os empresários que se beneficiam desta política econômica, é necessário que todos os trabalhadores se organizem em torno de uma greve geral.

As manifestações nas fábricas darão um pontapé inicial nesta campanha rumo à greve geral.

Os metalúrgicos, que sempre representaram uma das maiores forças operárias do Brasil, vão às ruas se manifestar contra esse governo e todos os corruptos que mergulharam o país neste mar de lama. Agora é luta”, afirma o presidente do Sindicato, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.

É necessário construir um terceiro campo contra o governo e a oposição de direita, que apresente as reivindicações da classe trabalhadora“, acrescentou Macapá.

O QUE QUEREMOS:

– Fora Dilma, Lula, Temer, Renan, Cunha e Aécio
– Eleições gerais, já!
– Greve Geral pelas reivindicações da classe trabalhadora