Roraima realiza ato de solidariedade ao Pinheirinho

23
Faixa de solidariedade ao Pinheirinho

No último dia 26, o PSTU de Roraima juntamente com ANEL, SESDUF (sindicato dos professores da Universidade Federal), sindicato dos bancários, SINTER (sindicato dos professores estaduais), MTST e os moradores de uma ocupação Monte das Oliveiras I, realizaram um ato de solidariedade aos moradores de Pinheirinho em frente da Assembleia Legislativa e do Palácio do Governo.

A manifestação iniciou-se às 10h com cartazes, bandeiras, pronunciamentos e panfletagens. Próximo do meio-dia, a Polícia Estadual do Meio Ambiente interferiu no ato e pediu a autorização do proprietário do carro de som, o mesmo mostrou a licença e autorização à polícia. Mesmo assim, os policiais disseram que não poderia utilizar o som, pois ultrapassava o permitido e se continuasse com o som guincharia o carro e o proprietário teria que pagar uma multa de R$ 3 mil. Os policiais disseram: “vocês estão incomodando muita gente e apontou para o Palácio do Governo”.

Todos os manifestantes ficaram indignados com a intervenção policial, especialmente os moradores da ocupação Monte das Oliveiras I, pois sofrem constantemente os ataques diretos desse governo, inclusive porque existe um projeto de construção de um Carrefour ao lado da ocupação, e os moradores disputam com a especulação imobiliária a posse da terra. Muitos afirmaram: “se o Pinheirinho foi vítima da ação e massacre do governo do PSDB, amanhã seremos nós”.

Ficou claro que esse mesmo governo do PSDB que deu as ordens para a covardia no Pinheirinho é o mesmo governo que aqui, representado por José de Anchieta, desferiu as ordens aos policiais para retirar o som dos manifestantes a fim de nos calar. Mesmo sem o carro de som prosseguimos com a manifestação concentrados no mesmo local, distribuindo panfletos e explicando as pessoas o motivo da nossa manifestação.