Fora Ortiz, Fora Edson! Eleições já, por um governo socialista dos trabalhadores!

19
Ortiz Júnior e Edson Oliveira

Em nota, PSTU defende a saída imediada do Prefeito de Taubaté Ortiz Junior (PSDB) e do vice-prefeito Edson Oliveira (PTB) dos seus cargos

Após meses de denúncias, finalmente, a Justiça Eleitoral de Taubaté cassou os mandatos do prefeito Ortiz Junior (PSDB) e do vice-prefeito Edson Oliveira (PTB), por abuso de poder econômico e político nas eleições de 2012.

Lamentavelmente, Taubaté vem sendo palco de escândalos de corrupção desde o governo anterior (Roberto Peixoto). O caso atual envolve, segundo o Ministério Público Eleitoral (MPE), o desvio de recursos públicos da FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), entidade ligada ao governo do Estado e que era presidida pelo ex-prefeito Bernardo Ortiz, pai de Júnior.

Segundo a promotoria, o objetivo do esquema era arrecadar cerca de R$ 8 milhões para a campanha do tucano nas eleições de 2012. Em apenas uma licitação fraudulenta na FDE para compra de mochilas, ele teria recebido R$ 1,74 milhão como comissão.

A postura dos governantes na cidade é um desrespeito à população taubateana que, no dia a dia, é quem acaba sofrendo os efeitos dos desvios e mau uso do dinheiro público. Taubaté apresenta hoje uma série de problemas, como o sucateamento dos serviços públicos, o caos na saúde, a falta de infraestrutura em diversos bairros, entre outros.

A população está farta dos políticos e partidos que a cada dia se veem mais afundados em escândalos de corrupção. Seja com o Mensalão, do PT, ou o recente esquema de corrupção do PSDB nas licitações do metrô em São Paulo, passando por outros escândalos envolvendo o PMDB, DEM, o fato é que a corrupção tornou-se uma prática comum nos governos desses partidos.

Não é a toa que na onda de mobilização que tomou o país desde junho, o repúdio à corrupção tem sido um dos principais protestos dos manifestantes.

A cassação definida pela Justiça Eleitoral de Taubaté, contudo, não implica na saída imediata de Ortiz Júnior e seu vice da Prefeitura. Enquanto estiverem recorrendo da decisão, poderão permanecer nos cargos. Esta situação é insustentável e só prejudica a cidade e a população. É preciso exigir a saída imediata de Ortiz Júnior e seu vice!

Vamos às ruas exigir a saída imediata de Ortiz e de Edson da Prefeitura, seja com sua renúncia ou impeachment, a punição e prisão de corruptos e corruptores e a devolução de todo o dinheiro roubado aos cofres públicos!

O PSTU defende que os mandatos dos políticos sejam revogáveis a qualquer momento e que os representantes eleitos recebam o mesmo salário de um operário qualificado, não mudando o nível de vida que tinham antes.

Fora Ortiz, fora Edson! Eleições, já! Por um governo socialista dos trabalhadores!

LEIA TAMBÉM:
Pela prisão de corruptos e corruptores!