Eleições e corrupção: Marqueteiro do PT é preso

    33

    O marqueteiro João Santana, coordenador da campanha eleitoral de Lula e Dilma, acabou de ter emitido seu mandado de prisão pela Polícia Federal na nova fase da Operação Lava Jato, intitulada “Operação Acarajé” (que seria um dos termos utilizados para designar propina). Sua prisão temporária ocorre por conta dos pagamentos realizados pela empreiteira Odebrecht ao publicitário em contas no exterior, na ordem de 3 milhões de dólares.

    Esse é mais um capítulo que evidencia como as campanhas eleitorais milionárias são instrumentalizadas pelos partidos e empreiteiras para o desvio de recursos públicos em mega-esquemas de corrupção. Mostra ainda como o PT está afundado nesses esquemas. Diga-se de passagem, as mesmas empresas que financiam as campanhas do PSDB, partido também envolvido em escândalos de corrupção até o pescoço. É o mesmo modus operandi: bancos e grandes empresas financiam estes partidos e políticos para depois cobrarem a fatura.

    PT, PSDB também o PMDB de Cunha são igualmente corruptos e não é estranho ver que todos defendem os mesmos planos de ajuste fiscal e ataque aos trabalhadores, como a reforma da Previdência. É preciso botar todos eles pra fora! Fora todos eles! São todos farinha do mesmo saco. O PSTU defende que a classe trabalhadora, que produz as riquezas desse país, é que deve governar, através de suas próprias organizações, através de conselhos populares.

     

    Post author