Dilma veta Auditoria da Dívida Pública com participação da sociedade civil

    57

    Com este veto, o governo diz que não explicará para o povo brasileiro o destino de mais de 40% do orçamento do país

    A presidenta Dilma Rousseff vetou, no dia 14 de janeiro, a emenda do deputado Edmilson Rodrigues (PSOL/PA), que previa a realização de Auditoria da Dívida Pública com participação de entidades da sociedade civil. O que o governo teme em impedir uma simples auditoria?’
     
    Com este veto, o governo diz que não explicará para o povo brasileiro o destino de mais de 40% do orçamento do país. O destino de recursos públicos que não vão para as áreas sociais para serem transferidos para banqueiros e agiotas internacioanis em forma de dívida que nunca acaba. 
     
    A verdade que o governo quer esconder é que esta dívida é a prova de que quem controla o nosso país são os banqueiros. É para eles e os grandes empresários que o Governo Dilma governa. É para eles que quase a metade do orçamento vai. 
     
    O que o governo quer esconder é que esta dívida não é uma questão de honra, “de estar em dia com os seus compromissos”, mas sim uma transferência de recursos públicos para bancos. É a prova do principal motivo por trás da falta de dinheiro para áreas como saúde e educação. Escancarar o problema da dívida para o povo brasileiro é colocar á luz do dia que nós, trabalhadores, trabalhamos para enriquecer banqueiros. Esta dívida é um roubo! Não devo, não pago!
     
     
     
     

    Post author