Veja os deputados que votaram pelo confisco da sua aposentadoria na comissão da Câmara

Brasília- DF. 04-07-2019- Deputados comemoram a provação da reforma da previdência na comissão especial da câmara.. Foto Lula Marques

Reforma da Previdência ainda precisa passar pelo plenário com no mínimo 308 votos

A comissão especial da reforma da Previdência na Câmara aprovou, na tarde desta quinta-feira, 4, o texto base da PEC 06/2019. O relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) mantém os piores ataques do projeto original de reforma de Bolsonaro e Paulo Guedes.

A economia esperada com o projeto é de R$ 1,071 trilhão em dez anos. Desses, R$ 688,1 bilhões sairão de trabalhadores do INSS. A reforma acaba com a aposentadoria por tempo de contribuição, impõe idade mínima e, principalmente, reduz em muito as aposentadorias dos mais pobres. Ainda tira da Constituição as regras para se aposentar, facilitando ataques futuros à Previdência.

O relatório da reforma foi aprovado por 36 votos contra 13. O próximo passo é a votação no plenário, onde o governo precisa de 308 votos para passar a destruição da Previdência pública e do sistema de Seguridade Social. O governo prometeu R$ 10 milhões extras em emendas parlamentares a cada deputado que votar “sim” pela reforma.

Brasília- DF. 04-07-2019- Deputados comemoram a provação da reforma da previdência na comissão especial da câmara.. Foto Lula Marques

Veja os deputados que votaram pelo confisco da sua aposentadoria na comissão especial:

Alex Manente (Cidadania-SP)
Página

Alexandre Frota (PSL-SP)
Página

Arthur Maia (DEM-BA)
Página

Beto Pereira (PSDB-MS)
Página

Bilac Pinto (DEM-MG)
Página

Capitão Alberto Neto (PRB-AM)
Página

Celso Maldaner (MDB-SC)
Página

Daniel Freitas (PSL-SC)
Página

Daniel Trzeciak (PSDB-RS)
Página

Darci de Matos (PSD-SC)
Página

Darcisio Perondi (MDB-RS)
Página

Delegado Eder Mauro (PSD-PA)
Página

Diego Garcia (Podemos-PR)
Página

Doutor Frederico (Patriota-MG)
Página

Evair de Melo (PP-ES)
Página

Fernando Rodolfo (PL-PE)
Página

Filipe Barros (PSL-PR)
Página

Flaviano Mello (MDB-AC)
Página

Giovani Cherini (PL-RS)
Página

Greyce Elias (Avante-MG)
Página

Guilherme Mussi (PP-SP)
Página

Heitor Freire (PSL-CE)
Página

Joice Hasselmann (PSL-SP)
Página

Lafayette Andrada (PRB-MG)
Página

Lucas Vergilio (Solidariedade-GO)
Página

Marcelo Moraes (PTB-RS)
Página

Marcelo Ramos (PL-AM)
Página

Paulo Ganime (Novo-RJ)
Página

Paulo Martins (PSC-PR)
Página

Pedro Paulo (DEM-RJ)
Página

Ronaldo Carletto(PP-BA)
Página

Samuel Moreira (PSDB-SP)
Página

Silvio Costa Filho (PRB-PE)
Página

Stephanes Junior (PSD-PR)
Página

Toninho Wandscheer (Pros-PR)
Página

Vinicius Poigt (Novo-SP)
Página

LEIA MAIS

Editorial: Negociar a reforma da Previdência é traição