SP: Metroviários aprovam paralisação na Greve Geral de 14 de junho

foto Sindicato dos Metroviários SP

PSTU-SP

Assembleia dos trabalhadores metroviários de São Paulo realizada nesta quinta-feira, 6, aprovou parar na Greve Geral de 14 de junho contra a reforma da Previdência. Os metroviários devem realizar nova assembleia no dia 13 para organizar a greve.

Ao longo da semana, os metroviários irão realizar uma série de atividades preparatórias para o 14J, como a coleta de assinaturas para abaixo-assinado contra a reforma e a distribuição de uma carta aberta com as centrais sindicais.

A população de São Paulo e toda a classe trabalhadora podem contar com os metroviários e todo o setor de transporte“, afirma o coordenador do Sindicato dos Metroviários, Raimundo Cordeiro, que também é militante do PSTU. “Os ferroviários também já decidiram que vão parar, assim como os condutores, tanto de São Paulo quanto do restante do país“, diz. “A classe trabalhadora vai mostrar a sua força e vamos barrar os ataques“, finaliza Cordeiro.